Destaques .

  • Nova Central no manifestou apoio reforma trabalhista


    ESCLARECIMENTO PÚBLICO - A Nova Central Sindical de Trabalhadores (NSCT), face às notícias veiculadas na imprensa em relação a uma possível reforma trabalhista a ser realizada pelo governo federal e considerando manifestações extemporâneas de apoio da central a estas aludidas reformas, vem esclarecer, a bem da verdade, que em nenhum momento hipotecou qualquer apoio às quaisquer mudanças trabalhistas. Mesmo porque, ainda não há, de maneira oficial e pública, qualquer Projeto de Lei ou mesmo Medida Provisória sobre o tema em questão sobre os quais se possa opinar.
    Como é de amplo conhecimento, o presidente Michel Temer convidou as centrais sindicais para uma reunião no Palácio do Planalto no sentido de ouvir a posição destas entidades sobre alterações na legislação trabalhista. Como é do seu princípio, a Nova Central esteve presente na reunião, assim como estará em qualquer outra do mesmo teor, em se tratando de pauta de interesse da classe trabalhadora e das entidades sindicais.
    Mas não hipotecou, em nenhum momento e sob nenhuma hipótese, qualquer apoio a possíveis mudanças na legislação trabalhista, pois, como já assinalado, ainda não há, por parte da Nova Central, nada sobre o que se posicionar, já que a central ainda não recebeu qualquer documento oficial e integral neste sentido. Só depois de apresentado o projeto concreto, oriundo do governo federal, é que a Nova Central manifestará a sua posição, de forma clara e transparente, conforme a decisão das suas bases que, como é de praxe, serão consultadas, antes de manifestações da sua diretoria. Neste sentido, levará em consideração, ainda, a posição conjunta das demais centrais sindicais coirmãs.
    Por outro lado, a Nova Central, em defesa da organização sindical brasileira, da Consolidação das Leis do Trabalho-CLT e dos direitos sindicais dispostos no artigo 8º. da Constituição, se reserva no direito de contestar, nas duas casas do Congresso Nacional, e judicialmente, se necessário for, as mudanças que, ao seu alvitre, forem contrárias e lesivas aos direitos que duramente conquistamos ao longo do muitas décadas de lutas. Com certeza apoiaremos aquilo que for melhor para os trabalhadores e trabalhadoras e para as nossas entidades sindicais, mas, rejeitaremos, com a firmeza que nos é peculiar, aquelas propostas que, em nome de uma falsa modernização, sejam apenas desmontes da nossa legislação sindical e trabalhista.
    Assim exposto, a Nova Central reafirma o seu compromisso com a classe trabalhadora brasileira, por condições de trabalho dignas e decentes, pelo fortalecimento das entidades sindicais e por nenhum direito a menos.  
    Brasília, 22 de dezembro de 2016.
    José Calixto Ramos
    Presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores
     
  • Trabalhadores no aceitam presente surpresa de Michel Temer


    A diretoria Nacional da Nova Central ficou indignada com a desfaçatez da proposta do presidente Michel Temer (PMDB) que pretende criar a chamada “jornada intermitente ou móvel de trabalho”, em que não há horário fixo e praticamente deixa a pessoa mais tempo à disposição da empresa, sem receber por isso. Por outro lado os patrões aplaudiram...
  • Contribuio Sindical: estrutura sindical brasileira ameaada


    Como é de seu conhecimento, o movimento sindical tem sofrido, incessantemente, ataques de diversos setores (Três Poderes, meios de comunicação, patrões, universidades etc.)  e, até mesmo, de parte dos trabalhadores e da sociedade, ora em função da desinformação do real papel do sindicalismo, ora pela má fé daqueles que insistentemente querem destruí-lo. 
  • Para representante da ANFIP, reforma da Previdncia pior para as mulheres


    Em palestra para os diretores Executivos e Conselho Deliberativo Nacional da Nova Central, proferida no San Marco Hotel – Brasília na terça-feira (13/12), Vilson Romero da Silva, presidente do Conselho Curador da ANFIP – Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal, afirmou que PEC 287\2016 da Reforma da Previdência é ruim para a quase totalidade de trabalhadores (as), sendo mais nefastas para as mulheres.
  • Projeto do senador Peteco (PSD/AC) visa aniquilar sindicatos dos trabalhadores!


    O projeto (PLS 385/2016) do senador Sérgio Petecão (PSD-AC) que prevê limitar a cobrança da Contribuição Sindical apenas do trabalhador (a) filiado a seu respectivo sindicato, estava na pauta desta quarta-feira (14/12) na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal para ser aprovada em fase terminativa e foi retirado de pauta...
Acontece »

Governistas barram emenda da eleio direta no caso de Temer deixar o cargo


Em meio a muito bate-boca, a base de apoio ao governo rejeitou nesta quarta-feira (14) votar ainda neste ano na Câmara dos Deputados a proposta de emenda à Constituição que estabelece eleição direta caso Michel Temer deixe o cargo antes do término do mandato, em 31 de dezembro de 2018...

Comisso de Assuntos Sociais aprova relatrios sobre situao da Previdncia


A senadora Ana Amélia (PP-RS) e o senador Paulo Paim (PT-RS) apresentaram, nesta quarta-feira (14/12), seus relatórios de avaliação de política pública da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) para 2016, quando analisaram aspectos da Previdência Social. As matérias seguem para Plenário...

​Participao da Nova Central na Reunio ordinria do Conselho Nacional de Saude CNS



Na reunião do Conselho Nacional de Saúde - CNS, realizada nos dias 8 e 9 de Dezembro, em Brasília foram discutidos importantes temas para a contribuição da melhoria da qualidade da saúde pública, em destaque para a discussão da realização da 1ª Conferência de Vigilância em Saúde, apresentação da comissão Intersetorial de orçamento e financiamento, discussão do contexto atual da saúde indígena Brasileira e em especial, a discussão do trabalho decente e suas relações com a saúde.

CSPB participou de Seminrio Internacional da Previdncia Social


A Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, participou, nesta terça-feira (06), do Seminário Internacional de Previdência Social, no auditório Petrônio Portela do Senado Federal. Organizada pela Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, o evento pretendeu contribuir para o debate do aperfeiçoamento do seguro social brasileiro, abordando os Regimes Geral, Próprio e Complementar da Previdência.
 

DEBATES & OPINIÕES »

Nova crise entre STF e Congresso Nacional


Está instalada a avacalhação geral no País. Comportando-se como membros de torcidas organizadas, ministros do Supremo Tribunal Federal têm protagonizado cenas bizarras de vale tudo, além de decisões surreais que ofendem os fundamentos do direito...

Ataques Contribuio Sindical visam enfraquecer as entidades sindicais e fragilizar ainda mais as condies de trabalho



Prosperam no Congresso Nacional, tanto no Senado como na Câmara dos Deputados, projetos de lei visando enfraquecer a capacidade de ação das entidades sindicais das categorias profissionais, pela extinção da sua principal fonte de custeio. As ofensivas das forças dominantes do mercado e do governo contra direitos sindicais e trabalhistas não têm limites e, muito menos, respeito às conquistas históricas da classe trabalhadora...

O que diz a reforma da Previdncia do governo Temer


A nova reforma, nas bases apresentadas, é absolutamente inaceitável. Os segurados, tanto do setor público quanto da iniciativa privada, devem se mobilizar para senão rejeitá-la em sua integralidade, pelo menos reduzir seus efeitos mais perversos. O desafio está posto...

A histria no absolver o MP, diz ex-procurador



Do advogado e procurador de Justiça aposentado Roberto Tardelli, no site Justificando, sobre os movimentos do Ministério Público, de quem diz estar trazendo nos braços a ditadura para o Brasil: Tempos de horrores e de morte do estado Democrático de Direito. Tempos sombrios, eu era criança quando surgiu o AI-5 e já era um promotor de justiça quando ele se foi, sem deixar – imaginávamos – saudades...

A influncia da TV na vida das pessoas




 A TV está presente na vida da maioria das pessoas e pode exercer grande influência em todas elas. O que nos cabe, portanto, a investigação de como essa influencia se dá. Ela mostra o mundo ao vivo e a cores. Cenas do planeta desfilam sob nosso olhar e atiçam a sensibilidade e inteligência. Fatos dispersos se sucedem sem nexo e inexplicáveis para a imensa maioria da população.
Imagens fragmentadas e incompreensíveis do mundo em que vivemos. ..

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias postadas em nosso portal. Cadastre-se e confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top