Congresso Nacional

Redução da jornada de trabalho terá audiência em fevereiro



O relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata da redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais, sem redução de salário, será o deputado Vicentinho (PT/SP). Ele foi indicato pelo presidente da Comissão Especial, deputado Luis Carlos Busato (PTB/RS). A primeira reunião de trabalho do colegiado será no dia 10 de fevereiro do próximo ano, depois do recesso parlamentar.

CRISE
A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil ficou em 7,6%, em novembro, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado marca a primeira alta do índice desde julho deste ano, quando a taxa estava em 8,1%. O rendimento médio real dos trabalhadores ocupados teve alta de 0,9% frente a outubro, ficando em R$ 1.273,60. Na comparação com igual período em 2007, foi constatada alta de 4%.
O contingente de desocupados totalizou 1,8 milhão de pessoas no total das regiões pesquisadas. A população ocupada somou 22,1 milhões de pessoas.


Espelho, espelho meu, quem manda mais do que eu


Enquanto isso, no Congresso Nacional, os presidentes do Senado, Garibaldi Alves, e da Câmara, Arlindo Chinaglia, travam uma guerra em torno da PEC 20/08 que cria 7.343 novas vagas de vereador. GaribaldÍ diz recorreu ao STF para obrigar Chinaglia a assinar a PEC. Este diz que não assina porque os senadores mudaram o projeto original aprovado pelos deputados. Convenhamos, há questões muito mais urgentes para o Congresso Nacional se preocupar do que essa absurda decisão de aumentar gastos públicos com mais vereadores.

541
19-12-2008 | 09:25

CONTRIBUIO SINDICAL PARA OS SERVIDORES PUBLICOS

APROVADO NA CCJ A REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DE MOTORISTA

O PL 99/07 do deputado Tarcísio Zimmermann (PT/RS), que dispõe sobre o exercício da profissão de motorista também foi aprovado na CCJ nesta quinta. O relator da matéria foi o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) e seu parecer foi pela constitucionalidade, juridicidade, com o substitutivo da Comissão de Viação e Transportes e das emendas da Comissão de Trabalho. O projeto assegura à categoria aposentadoria especial após 25 anos de trabalho, direito a seguro obrigatório, custeado pelo empregador, para cobrir os riscos inerentes à profissão, e adicional de penosidade equivalente a 30% do salário.

Seguro-desemprego deverá passar para dez meses
Entrega  certidao sindical - sind func publicos de sp
O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, anunciou que vai encaminhar ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) uma proposta para elevar o número de parcelas do seguro-desemprego dos atuais três a cinco meses para até dez meses. A proposta atenderia a uma reivindicação das centrais sindicais e seria uma medida de prevenção contra as conseqüências da crise econômica internacional.

COMISSÃO DO TRABALHO COLOCA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO NA PAUTA DESTE MÊS

O presidente da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), anunciou que os projetos que reduzem a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais vão entrar na pauta de votação do colegiado na próxima quinta-feira deste mês (27). O deputado acredita, no entanto, que a matéria não será votada na mesma sessão, pois, possivelmente, haverá um pedido de vista para que os deputados apresentem novas sugestões ao relatório. Para José Calixto Ramos, sendo aprovado, o projeto possibilitará a formação de mais de 1 milhão de novos postos de trabalho direto.

483
27-11-2008 | 09:29

NCST NO CONGRESSO

COMISSÃO DO TRABALHO COLOCA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO NA PAUTA DESTE MÊS

O presidente da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), anunciou que os projetos que reduzem a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais vão entrar na pauta de votação do colegiado na próxima quinta-feira deste mês (27). O deputado acredita, no entanto, que a matéria não será votada na mesma sessão, pois, possivelmente, haverá um pedido de vista para que os deputados apresentem novas sugestões ao relatório. Para José Calixto Ramos, sendo aprovado, o projeto possibilitará a formação de mais de 1 milhão de novos postos de trabalho direto.

612
08-11-2008 | 15:10

APOSENTADOS

SOLUÇÕES PARA OS APOSENTADOS

Está marcada para a próxima terça-feira (4) reunião entre o presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, o relator-geral do Orçamento 2009, senador Delcídio Amaral (PT-MS), o senador Paulo Paim (PT-RS) e o ministro da Previdência Social, José Pimentel, para discutir os projetos que tramitam no Senado e na Câmara e que podem beneficiar os aposentados e pensionistas. É o que ficou decido após reunião ocorrida na tarde desta quarta-feira (29) entre o ministro e senadores. Dois projetos de Paim e uma emenda também de sua autoria a um projeto da Câmara estarão em discussão. O projeto de lei do Senado (PLS 58/03) busca recompor o valor das pensões e aposentadorias, fazendo com que cada benefício passe a valer hoje o correspondente ao mesmo número de salários mínimos que valia na data em que foi concedido. Já o PLS 296/03 extingue o fator previdenciário.

503
29-10-2008 | 21:11

CONGRESSO NACIONAL

CAS debate atualização de aposentadorias e pensões do INSS

A Comissão de Assuntos Sociais(CAS) realiza audiência pública, nesta quarta-feira (29), às 10h, para debater o Projeto de Lei do Senado (PLS) 58/03, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que atualiza aposentadorias e pensões pagas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos seus segurados e pela União aos seus inativos e pensionistas.Nesta audiência serão debatidas as emendas do senador que acaba com o fator previdenciário, concede aos aposentados e pensionistas o mesmo índice de aumento aplicado ao salário mínimo e a que recompõe a perda das aposentadorias e pensões no prazo de cinco anos.O Senador Paulo Paim conta conosco e nós contamos com ele.

 

VIGILANTES LUTAM POR ADICIONAL DE PERICULOSIDADE

 

O PLS 682/07, de autoria da Senadora Serys Slhessarenko, e o PL 1.033/03, da Deputada Vanessa Grazziotin.

Para Fernando Bandeira, Presidente da Federação dos Vigilantes do RJ e Diretor de Assuntos Parlamentares da NCST, essa conquista contemplará cerca de quatrocentos mil trabalhadores em vigilância privada no país, que atuam em condições perigosas e têm o direito legítimo ao adicional de periculosidade.

Cerca de 80 trabalhadores vigilantes estão no Congresso Nacional lutando pela aprovação de dois projetos que estipulam o adicional de 30% de periculosidade para a categoria.

528
05-10-2008 | 07:12

Bingos

PROTEÇÃO AO SÃO FRANCISCO
Rio So Francisco, visto da balsa entre Penedo-AL e Nepolis-SE

REVITALIZAÇÃO - Parlamentares do governo e da oposição estão próximos de um consenso sobre a fonte dos recursos para a criação do fundo de R$ 6 bilhões destinado à revitalização do rio São Francisco. De onde virão os recursos é a principal diferença entre as duas Propostas de Emenda à Constituição (PEC) que tratam do tema. Em comum, as duas PECs prevêem que o fundo será aplicado na recuperação ambiental e no desenvolvimento sustentável da bacia do São Francisco ao longo de 20 anos.


BINGOS - Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou substitutivo do deputado Vicentinho Alves (PR-TO) que regulamenta o funcionamento de bingos e cassinos no Brasil. O texto, entre outras medidas, restringe o funcionamento de cassinos às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste; proíbe a presença, nessas casas, de pessoas com compulsão por jogos; e estabelece infrações administrativas e penais para os casos de desrespeito às normas.


FATOR PREVIDENCIÁRIO
- O projeto de lei que extingue o fator previdenciário está na pauta da Comissão de Seguridade Social e Família. O colegiado se reúne, nesta quarta-feira (3), às 9h30 no plenário 7.

 O relator da proposta no colegiado, deputado Germano Bonow (DEM/RS), apresentou parecer favorável ao projeto. A matéria já foi debatida em audiência pública no colegiado, antes do recesso parlamentar, a pedido do relator.

 A proposta, do senador Paulo Paim (PT/RS), extingue o fator previdenciário, ou seja, é contra a fórmula de cálculo das aposentadorias que vinculou, a partir de 1999, o valor do benefício à expectativa média de sobrevida daqueles que alcançaram o tempo de contribuição (35/30 anos).

560
18-08-2008 | 07:57

PISO SALARIAL

Manobra regimental para forçar votação de projeto dos aposentados

O senador Paulo Paim (PT-RS) anunciou na terça-feira (12) que, a partir de 7 de outubro, os senadores membros da Frente Parlamentar em Defesa dos Aposentados e Pensionistas pedirão votação nominal em todas as matérias que tramitam no Senado como estratégia para forçar a votação, na Câmara dos Deputados, de dois projetos que interessam aos aposentados.
Paim referiu-se ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 42/07, que estende para todas as aposentadorias e pensões o mesmo percentual de reajuste dado ao salário mínimo, e ao PLS 296/03, que extingue o fator previdenciário do cálculo das aposentadorias.


 







PISO SALARIAL
- O novo piso salarial nacional dos professores do ensino básico, de R$ 950 mensais, está ameaçado. O Ministério da Educação vai pedir à Casa Civil e à Advocacia-Geral da União que analisem a constitucionalidade da lei, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último dia 16 de julho. Governadores e prefeitos devem entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal e forçar a votação de um novo projeto de lei no Congresso. A ofensiva contra o piso teve início na semana passada na reunião do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que considerou inviável a aplicação do piso. 

708
06-08-2008 | 10:37

Moo contra a IV Frota

MOÇÃO CONTRA A IV FROTA
[Foto: Parlamento do Mercosul ]
O Parlamento do Mercosul aprovou nesta terça-feira (29), por 26 votos a favor e 11 abstenções, projeto de declaração apresentado pelo senador Aloizio Mercadante (PT-SP) que considera "inoportuna e desnecessária" a reativação da Quarta Frota da Marinha dos Estados Unidos, cuja área de atuação é o Atlântico Sul. O texto ressalta que a América do Sul é uma região "pacífica e democrática", onde os eventuais conflitos são resolvidos segundo os princípios da não-intervenção e da solução negociada de divergências.
IV Frota


 

 

 

579
29-07-2008 | 21:53

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias postadas em nosso portal. Cadastre-se e confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top